A Igreja

Nosso Propósito

Nosso propósito é proclamar o evangelho no poder do Espírito Santo, levando pessoas a Cristo para que sejam salvas, santificadas, curadas e libertas, gerando famílias fortes e restauradas, edificando assim uma igreja santa, adoradora, acolhedora, alegre, evangelística e missionária.

Somos uma Igreja…

Que adora o Deus Triuno (Pai, Filho e Espírito Santo);
Composta de um povo amoroso, acolhedor e alegre;
Que possui famílias fortes;
Que prega e vive a santidade do Senhor;
Que tem uma juventude consciente e convicta de sua fé;
Que valoriza e pratica a compaixão pelas pessoas necessitadas;
Que prioriza o evangelismo;
Que tem em sua essência a visão e a ação missionárias;
Que se alicerça na oração;
Que possui uma administração responsável e austera;
Que convive em comunhão;
Que tem uma liderança madura, consciente e comprometida;
Que valoriza e envolve as suas crianças;
Que prioriza o indivíduo humano.

Somos um Povo Cristão

Estamos unidos a todos os cristãos na proclamação do Senhorio de Jesus Cristo. Cremos que, no amor divino, Deus oferece a todos os povos perdão de pecados e relacionamento restaurado. Na reconciliação com Deus, acreditamos que todos nós também devemos nos reconciliar uns com os outros, amando-nos uns aos outros assim como temos sido amados por Deus, perdoando-nos uns aos outros assim como temos sido perdoados por Deus. Cremos que a nossa vida em comunidade exemplifica ao mundo o caráter de Cristo. Aliamo-nos a cristãos em toda a parte na afirmação dos credos históricos trinitários e nas crenças da fé cristã, e damos profundo valor à nossa herança da tradição wesleyana de santidade. Consideramos as Escrituras como fonte primária de verdade espiritual confirmada pela razão, pela tradição e pela experiência.

Somos um Povo de Santidade

Somos chamados pelas Escrituras e atraídos pela graça a adorar a Deus e a amá-Lo de todo o coração, alma, mente e força, e ao próximo como a nós mesmos. Para este fim, nós nos entregamos inteira e completamente a Deus, crendo que podemos ser “inteiramente santificados”, como uma segunda experiência de crise. Cremos que o Espírito Santo nos convence, limpa, enche e dá poder, enquanto a graça de Deus nos vai transformando, dia após dia, num povo de amor e de disciplina espiritual, de pureza ética e moral, e de compaixão e justiça. É o trabalho do Espírito Santo que nos restaura à imagem de Deus e produz em nós o caráter de Cristo. A santidade na vida do crente é mais claramente compreendida como “semelhança a Cristo”.

Perfil de um Nazareno

Procura repartir as Boas Novas de Jesus com outras pessoas;
Depende da graça de Deus para viver a santidade de coração e de vida;
Procura dar um bom testemunho;
É cheio e transborda do amor de Deus;
Evita o mal de toda espécie;
Preocupa-se com as necessidades sociais;
Participa dos cultos;
Apóia a Igreja com dízimos e ofertas;
Reconhece que há muitos cristãos genuínos em outros grupos religiosos em volta do mundo;
Todos os que invocam, exclusivamente, o nome do Senhor Jesus Cristo como Salvador e Senhor são seus irmãos.

Nossa Missão

Adoração

A Missão da igreja no mundo começa com a adoração. É quando nos congregamos diante de Deus em adoração, cantando, escutando a leitura pública da Bíblia, dando nossos dízimos e ofertas, orando, escutando a Palavra pregada, batizando e participando da Santa Ceia, que sabemos mais claramente o que significa ser o povo de Deus. Nossa crença de que a obra de Deus no mundo é feita primariamente através de congregações que adoram, leva-nos a entender que a nossa missão inclui receber novos membros na comunhão da igreja e organizar novas congregações voltadas ao mesmo propósito.

A adoração é a mais elevada expressão do nosso amor a Deus. É adoração centralizada em Deus, honrando Aquele que por Sua graça e misericórdia nos redime. O contexto primário da adoração é a igreja local, onde se reúne o povo de Deus, não em experiência auto-centralizada ou para auto-glorificação, mas para se render e oferecer a si próprio . A adoração é a igreja em serviço amoroso e obediente a Deus. A adoração é o primeiro privilégio e responsabilidade do povo de Deus. É a reunião, diante de Deus, da comunidade do pacto, em proclamação e resposta celebrativa de quem Ele é, o que Ele tem feito o do que promete fazer.

Compaixão e Evangelismo

Como povo consagrado a Deus, compartilhamos Seu amor pelo perdido e Sua compaixão pelo pobre e quebrantado. O Grande Mandamento e a Grande Comissão compelem-nos ao evangelismo mundial, à compaixão e à justiça. Para este fim, nós nos comprometemos a convidar pessoas à fé, a cuidar dos que sofrem necessidades, a nos levantarmos contra a injustiça e a favor do oprimido, a trabalhar para proteger e preservar os recursos da criação de Deus e, também, a incluir na nossa comunidade todos os que clamam pelo nome do Senhor.

Discipulado

Nós nos comprometemos a ser, e a convidar outros a serem discípulos de Jesus. Com isto em mente, nós nos comprometemos a prover meios (Escola Dominical, Estudos Bíblicos, pequenos grupos de responsabilidade mútua, etc) através dos quais os crentes são estimulados a crescer na sua compreensão da fé cristã e no seu relacionamento uns com os outros e com Deus. Cremos que o discipulado inclui submetermo-nos à obediência a Deus e às disciplinas da fé. Cremos que devemos ajudar-nos, uns aos outros, a viver uma vida santa, através de apoio mútuo, comunhão cristã e responsabilidade mútua, em espírito de amor. Wesley disse: “Deus nos deu, uns aos outros, para fortalecermos as mãos de cada um.”

Educação Cristã Superior

Nós nos comprometemos à educação cristã, através da qual homens e mulheres são equipados para vidas e serviço cristãos. Nos nossos Seminários, Escolas Bíblicas, Colégios e Universidades, nós nos comprometemos a cultivar o conhecimento, o desenvolvimento do caráter cristão, e a equipar nossos líderes a cumprirem a chamada de Deus para serviço na igreja e no mundo.

Níveis de Atuação da Igreja do Nazareno

Local: Corresponde a vida e trabalho de uma determinada congregação;
Distrital: Inclui programas e atividades dentro de uma área geográfica;
Geral ou Mundial: Envolve os programas de expansão da igreja ao redor do mundo.

Governo

A Igreja do Nazareno tem forma de governo representativo, isto é, autoridade igualmente dividida entre ministros e membros leigos.

E tem três estruturas administrativas sendo uma para cada nível de Governo, por eleição:

Local: A Assembléia da Igreja Local;
Distrital: A Assembléia Distrital;
Geral: A Assembléia Geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>