Igreja do Nazareno
em Boa Viagem

Av. Visconde Jequitinhonha, 2285
Boa Viagem – Recife – PE – Brasil
CEP 51030-021 Fone: (81) 3463.8759

Nosso propósito é proclamar o evangelho no poder do Espírito Santo, levando pessoas
a Cristo para que sejam salvas, santificadas, curadas e libertas, gerando famílias fortes
e restauradas, edificando assim uma igreja santa, adoradora, acolhedora, alegre,
evangelística e missionária.

História

Introdução

A Igreja do Nazareno é parte da Igreja Cristã, protestante, e de linhagem Wesleyana. Esta afirmação nos leva a atenção a elementos chaves de nossa identidade. Primeiro, a Igreja do Nazareno é uma Igreja Cristã. Isto pode parecer óbvio, mas é a fundamental ponte de partida. As primeiras palavras do nosso manual declaram que a Igreja do Nazareno, desde o seu início, confessa ser um ramo da única Igreja Santa, Universal, e Apostólica; Aceitamos e endossamos os credos, redigidos nos primeiros séculos da história da Igreja Cristã, como expressões da nossa fé e identidade.

Isto significa que a Igreja do Nazareno abraça como sua, a história daqueles redimidos pela graça, por meio do Senhor Jesus Cristo, através dos séculos. Assim, nossa genealogia começa descrita no Antigo Testamento, destaca-se no Novo Testamento, e prossegue por toda a história, e acompanha todos os crentes fiéis, espalhados por todo o mundo.

A Igreja do Nazareno sabe que tem uma missão especial, dada por Deus. Entretanto, para compreendê-la procura arraigar-se, firmemente, dentro da extensa corrente de fé e prática do cristianismo, abalizado pelo ensino das Sagradas Escrituras.

A Igreja do Nazareno é uma Igreja Protestante. Isto significa que seu caráter é nitidamente forjado pela Reforma Protestante, do século XVI. Neste amplo movimento de restauração da Igreja Cristã, vários pontos doutrinários, cruciais foram resgatados.

Reafirmou-se que a Bíblia é a autoridade final da definição de nossos postulados. A salvação é uma dádiva da graça de Deus, não uma conquista humana, por meio de boas obras. Os nazarenos se encontram entre aqueles que acreditam que Deus oferece sua graça a todas as pessoas. Todos podem ser alcançados pela redenção. Todos os crentes têm o privilégio e a responsabilidade de atuar como sacerdotes; (Sacerdócio Universal), relacionando-se com Deus pela mediação do Senhor Jesus Cristo. A Igreja do Nazareno abraça cada um desses princípios da reforma, e se junta a outras denominações que preservam o mesmo legado. Isto está refletido nos artigos de Fé de nosso manual, no perfil de nossas congregações locais, e no testemunho dos crentes.

A Igreja do Nazareno é marcada, em sua identidade, pela herança Wesleyana. O avivamento do século XVIII, impulsionado por John e Charles Wesley, foi parte de um movimento maior, de abrangência mundial, que fomentou uma renovação espiritual, a partir da Igreja da Inglaterra.

Entre as contribuições distintivas do avivamento wesleyano, está a ênfase na experiência pessoal com o Espírito Santo; na importância da santificação dos crentes, ou seja, no crescimento espiritual, gradual rumo à semelhança de Cristo. A busca pela santidade foi o aspecto central na composição de grandes, médios e pequenos grupos de comunhão, que John Wesley organizou por toda a Inglaterra e além. Mais tarde, esses grupos desenvolveram-se institucionalmente, dando origem a Igreja Metodista.

Esta, logo se espalhou por várias partes do mundo, especialmente pela América do Norte. Finalmente, a Igreja do Nazareno é uma Igreja de Santidade. Nossa Igreja cresceu em meio a focos de avivamento, nos Estados Unidos, na Segunda metade do século XIX. O anseio por uma vida incorrupta aqueceu o coração de inúmeros crentes, metodistas e outros. Retiros especiais em áreas rurais, e trabalho missionário arrojado, foram evidências de um extraordinário despertamento. Eventualmente, as fronteiras denominacionais foram transpostas. Isso resultou na formação de algumas igrejas independentes, cuja caracterização básica era o apego à santidade ética e comportamental. Os membros dessas igrejas vieram de grupos de diferentes posições teológicas: metodistas, batistas, presbiterianos e outros.

O fundamento da Igreja do Nazareno foi edificado pela união de vários destes grupos independentes. Essas junções ocorreram, periodicamente desde 1890. Em 1908, ano chave no processo de união, alguns adicionamentos vitais aceleraram o processo, que culminou na fundação oficial da Igreja. Ao longo da história recente, outras incorporações ainda têm ocorrido.

A Igreja tem se expandido mundialmente, devido a programas missionários vigorosos. Isto a projetou, como uma Igreja de visão global, que ministra em mais de cento e cinqüenta diferentes países. A Igreja do Nazareno, como outras denominações, têm seu próprio ramo na grande árvore genealógica a Igreja Cristã. Como nazarenos não deixamos de proclamar, que no centro unificante, no tronco, está o Senhor Jesus Cristo, o Senhor da Igreja Universal, dos primogênitos arrolados nos céus.

Igreja do Nazareno Internacional

No fim do século dezenove, quase que simultaneamente, desenvolveu-se em várias partes dos Estados Unidos, um movimento para expansão e conservação da santidade bíblica sob forma de igreja organizada. Phineas F. Bresee e outros líderes estavam profundamente convencidos que Deus os havia unido com o propósito definido de proclamar à Igreja e ao mundo o evangelho de Jesus Cristo na tradição de santidade. Esse movimento foi semelhante ao do século anterior, conhecido como o Avivamento Wesleyano (John Wesley). Manifestou-se por toda parte uma aproximação espontânea entre os da mesma fé, que finalmente culminou na organização da Igreja do Nazareno. Em 08 de outubro de 1908, quando começou a trabalhar em bases nacionais, havia 228 congregações e 10.414 membros. O nome Igreja do Nazareno se refere a Jesus Cristo, que foi chamado “O Nazareno” (Mt. 2:23). Hoje são mais de 12.000 igrejas em 143 países do mundo. A igreja mantém cerca de 785 missionários transculturais de tempo integral e educa mais de 30.000 alunos em 77 colégios, universidades e seminários em 40 países.


(c) Epworth Old Rectory; Supplied by The Public Catalogue Foundation

John Wesley

bresee_med

Phineas F. Bresee

Igreja do Nazareno no Brasil

Em 13 de outubro de 1958, o casal de missionários Mosteller, chegou ao Brasil. Logo depois, outros chegaram de outras partes para ajudar na implantação do trabalho nazareno no país. Assim iniciou-se a Igreja do Nazareno no Brasil, na cidade de Campinas, estado de São Paulo. A partir daí expandiu-se para outras cidades e estados. No campus da Faculdade Teológica Nazarena (FTN) ou em um dos mais de 20 centros de Estudos Teológicos Descentralizados (ETED), os que são chamados por Deus para o ministério recebem formação para pastores e líderes. Em Recife temos nosso Seminário Teológico com os cursos Médio, Bacharel, e Mestrado, além do PROEDI (Programa de Ensino à Distância).


Sr e Sra Mosteller

Sr e Sra Mosteller

Igreja do Nazareno no Nordeste

Em 1979, foram enviados dois casais de missionários para a cidade de João Pessoa com o objetivo de implantar a Igreja do Nazareno na região do Nordeste. Foram eles: Steve e Brenda Heap e João Arthur e Ebe de Souza. Logo em seguida enviaram o casal Jaime e Carolina Kratz com a missão de implantar a Igreja do Nazareno na região do Rio Grande do Norte a partir da cidade de Natal. Outros missionários também prestaram valorosos serviços entre eles Brian e Beryl Adams. Atualmente, há 3 Distritos nessa região: Distrito Nordeste Setentrional, cujo Superintendente é o Rev. Gerson Cardoso; Distrito Nordeste Central, cujo Superintendente é o Rev. Rubens Rodrigues e Distrito Nordeste Meridional, cujo Superintendente é o Rev. Mário Alcaraz.

Rev. Steve e Brenda Heap

Rev. Steve e Brenda Heap

Rev. João Arthur e Ebe de Souza

Rev. João Arthur e Ebe de Souza


Mis Brian e Beryl Adams

Mis Brian e Beryl Adams

Mis Brian e Beryl Adams

Mis Jaime e Carolina Kratz

Igreja do Nazareno em Boa Viagem

Pertence ao Distrito Nordeste Central, que se encontra com 48 trabalhos entre igrejas, congregações e missões. Igreja do Nazareno em Boa Viagem Em maio de 1997, no apartamento de Marlene Alves Pedrosa, no bairro de Boa Viagem, Recife-PE, contando com a presença da mesma, do pastor Marcos Monteiro e de mais, aproximadamente, seis pessoas, houve o primeiro estudo bíblico nazareno. No decorrer do tempo e com o advento de outros participantes, o estudo passou a ser realizado no apartamento pertencente ao casal James e Marina, no mesmo endereço. Em 17 de março de 2001, a Igreja foi inaugurada pela fé na promessa do Senhor Jesus Cristo.

Rev. Marcos Monteiro

Rev. Marcos Monteiro

Níveis de Atuação da Igreja do Nazareno

  • LOCAL: Corresponde a vida e trabalho de uma determinada congregação;
  • DISTRITAL: Inclui programas e atividades dentro de uma área geográfica;
  • GERAL OU MUNDIAL: Envolve os programas de expansão da igreja ao redor do mundo.

Governo

A Igreja do Nazareno tem forma de governo representativo, isto é, autoridade igualmente dividida entre ministros e membros leigos.
E tem três estruturas administrativas sendo uma para cada nível de Governo, por eleição:

  • LOCAL: A Assembléia da Igreja Local;
  • DISTRITAL: A Assembléia Distrital;
  • GERAL: A Assembléia Geral.